Pesquisar neste blog

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Crítica – Alvin e os Esquilos 3

Elenco de vozes: Justin Long, Jason Lee, Jesse McCartney, David Cross, Cameron Richardson, Amy Poehler, Anna Faris, Christina Applegate.
Direção: Tim Hill.
Gênero: Comédia.
Duração: 95 min.
Distribuidora: Fox Film.  
Sinopse: De férias, os Esquilos e as Esquiletes estão transformando um luxuoso navio de cruzeiro em seu playground pessoal até que acabam perdidos e sozinhos em uma ilha remota. Enquanto tentam diversos planos fantásticos para encontrar o caminho de volta para casa, eles acidentalmente descobrem que seu território não está tão deserto quanto parece.










 Nunca fui muito fã dessa série de filmes do Alvin, embora eu goste muito de animações e filmes infantis (sim, eu sei, ainda sou muito criança), os filmes do Alvin parecem ter um tipo de humor mais direcionado para crianças, e o terceiro filme da franquia não se diferencia dos outros.

O filme, assim como seus antecessores, tem piadas bastante infantis, mas algumas delas realmente chegam a ser engraçadas, como às que fazem referência a filmes como O Senhor dos Aneis e O Náufrago. Os esquilos são o principal foco desse filme, na maioria das cenas eles interagem apenas com eles mesmos (afinal eles estão perdidos em uma ilha) e a humana que eles encontram perdida na ilha em que estão, aliás, falando nela, não entendi o porquê da humana Zoey estar no filme, ela não tem nenhuma importância, ela poderia ter sido descartada e não faria falta no enredo do filme. Dessa vez há um pouco menos de cantoria, e não foram escolhidas apenas músicas de sucesso para compor a trilha sonora, tiveram o cuidado de escolher canções que se adequassem ao momento em que estão tocando (apenas os que têm noção de inglês perceberão, pois as músicas não são legendadas).

Enfim, Alvin e Os Esquilos 3 não adiciona nada de realmente novo no universo dos esquilos, é apenas uma nova aventura, aquela que passa no período de verão para atrair os mais novinhos.

Nota: 6.5

5 comentários:

  1. A resenha está ótima, apesar de eu ainda não ter visto o filme. Pensei em ver mas nem sabia sobre a sinopse nem nada, então sempre acabo vendo outros.
    Me surpreende muito que tenha diminuído as partes musicais do filme, afinal chamava atenção os esquilinhos dançando e cantando, aposto que essa era a parte favorita de muita gente, haha.
    ;*

    ResponderExcluir
  2. To ansiosa pra assistir. É ruim que tem menos cantoria, ja que eu sou uma destas pessoas que adora ver os esquilos cantando e dançando ><
    A resenha ficou boa.

    Bjs, Fran
    Livros Ao Quadrado

    ResponderExcluir
  3. Uauuuuuuuu, você está se tornando um exímio crítico...Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. a zoe (se escreve assim,está nos créditos) está no filme por quê ela está obcecada em achar um tesouro,e usa a Jeanette para pega-lá,entendeu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim eu sei o papel dela no filme, mas na minha opinião eles só colocaram ela no filme para haver um antagonista na trama, mas na minha opinião se tirassem ela do filme ela não faria falta nenhuma.

      Excluir

A opinião dos meus leitores sobre os meus textos são muito importantes para mim, assim nós podemos interagir e eu posso sempre tentar melhorar o blog, então por favor escreva a sua opinião sincera sobre os meus artigos e eu ficarei feliz em retribuir comentando também no seu blog, se você tiver um.
Abraços.